sexta-feira, 23 de março de 2012

Obrigado, Chico!


Pausa no cinema.

Hoje, 23 de março de 2012, faleceu um dos maiores gênios do humor não só do Brasil, mas do mundo. Francisco Anysio de Paula Filho deixou uma herança humorística praticamente inigualável, com uma enorme quantidade de tipos memoráveis como Pantaleão, Alberto Roberto, Qualhada e vários outros. Entre os meus preferidos estavam Jovem, com seu comportamento sempre  "anti-careta"  e Justo Veríssimo, uma crítica afiada e sempre atual à nossa corrupta classe política. O humor de Chico era assim, sempre muito inteligente. Seguem abaixo dois videos com os personagens destacados. Obrigado, Chico. Descanse na bênção de Deus!






Blog Widget by LinkWithin

4 comentários:

Hugo disse...

Uma grande perda.

O que fica como lembrança é sua bela carreira e a infinidade de personagens.

Abraço

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Um comediante sensacional. Pena que não se dedicou ao cinema.
Amigo, QUANDO FALA O CORAÇÃO já está em cena... A sugestão foi sua. Obrigado.

O Falcão Maltês

Fábio Henrique Carmo disse...

Nahud, eu nem tava lembrando dessa sugestão. De qualquer forma, não tem o que agradecer. Eu é que fico sempre honrado com seus comentários aqui. Abraço!

Júlio Pereira disse...

Foi um baque a morte dele. Havia acabado de sair de 4 provas, cansado, meio tristonho por não ter saído muito bem. Uma colega de classe me informa: Chico Anysio morreu. Após minha reação, ela pergunta: quem é esse? Não a culpo, sinceramente. A Globo vem segurando ele na geladeira há anos, uma tristeza só. Recusaram, inclusive, um programa que ele propôs para substituir o horroroso do Didi. Recusaram. Aí quando o mestre morre, resolvem passar, para "homenageá-lo", um especial meia-boca que realizou há alguns anos. Chega a revoltar a falta de respeito com um artista que, como ele disse certa vez, fez a Globo. Enfim, que ele descanse em paz, e que, cedo ou tarde, as novas gerações descubram seu humor refinado.