segunda-feira, 7 de maio de 2012

Quero Ver Novamente #17


Ontem, tivemos a notícia de que "Os Vingadores" (The Avengers) superou todos os recordes em estreias, alcançando a marca de US$ 200 milhões arrecadados nos EUA em apenas três dias (de sexta a domingo). É um bom filme, mas ainda acho que fica a dever no quesito emoção. Talvez isso se deva ao fato de que quase não vemos pessoas "normais" no filme, aqueles cidadãos comuns que precisam ser salvos pelos heróis diante das ameaças. Este, sem dúvida, é um dos fatores que até hoje tornam encantador o "Superman" de Richard Donner. Nele, vemos a reação das pessoas comuns diantes das façanhas do herói, o que traz uma enorme identificação com os espectadores do filme. Sentimo-nos como um daqueles meros fugurantes a aplaudir entusiasmados o atos de bravura do Super-Homem. Além disso, não resta dúvida que este é o mais inspirador de todos os super-heróis. Não por acaso, sua origem lembra muito a de Jesus Cristo, já que Kal-El (o nome verdadeiro do Super-Homem) é enviado à Terra porque seu pai, Jor-El (no filme interpertado por Marlon Brando, que recebeu um cachê milionário por poucos minutos em cena), acredita que ele pode ajudar a humanidade, pois esta última "tem um grande potencial para o bem". Em outras palavras, o mito do Super-Homem é o mito do "salvador". Também ajuda a tornar o filme inesquecível a presença de Christopher Reeve, na minha opinião inigualável na corporificação do personagem, e a fantástica trilha sonora de John Williams, uma das mais inesquecíveis da história do cinema. A sequência abaixo serve para sintetizar todas essas nuances comentadas. Dá vontade de pendurar um lençol vermelho no pescoço e sair por aí "voando" como nos tempos de moleque...

Blog Widget by LinkWithin

6 comentários:

Celo Silva disse...

Ah! Tb adoro Superman, um dos filmes que mais prezo na minha memoria afetiva. Concordo com tudo que vc disse. Vingadores é bom, mas é distanciado. No quesito emocional, Superman dá de 10.
Abração!

railer disse...

quem nunca curtiu superman na sessão da tarde?

quanto a mito de salvador, sou mais o 'neo', de matrix.

Fábio Henrique Carmo disse...

Concordamos plenamente, então, Celo. Os filmes da Marvel são muito bem realizados, mas estão devendo no quesito emoção.

Railer, eu considero as continuações de Matrix tão fracas que elas conseguem estragar o primeiro capítulo!

Abraço!

Maxwell Soares disse...

Muito bom, Fábio. Neste dias estive pensando neste filme. Talvez prepare alguma coisa mais pra frente. Sou fã do Super Man. Assino em baixo o que você falou. Valeu, irmão. Um abraço...

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

lembro que fiquei emocionado quando vi SUPERMAN - THE MOVIE...

O Falcão Maltês

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

fábio, dia 17 estou lançando um livro. apareça.

dê uma olhada em:

www.cinzasdiamantes.blogspot.com