domingo, 27 de maio de 2012

Cannes premia Haneke (de novo)


Já está virando barbada apostar em Michael Haneke para levar a Palma de Ouro no festival de Cannes. Três anos depois de levar o prêmio por a "A Fita Branca", ele agora foi novamente agraciado por "Amour", seu mais recente trabalho, o qual teve a premiére durante o festival de 2012. O longa narra a vida de um casal de idosos onde o marido tem de cuidar da esposa depois que esta sofre um derrame. Aparentemente, este foge um pouco do estilo Haneke de filmar, já que ele é muito dado a umas violências. Mas, como disse, só posso falar pela aparência, já que não tive o prazer de vê-lo na sala Lumiére. Pena que " Na Estrada", a co-prudução França-Brasil ditigida por Walter Salles não tenha levado nada. Segue abaixo a lista de premiados do júri presidido por Nanni Moretti.


Palma de Ouro

“Amour”, de Michael Haneke (França)

(com menção aos atores Jean-Louis Trintignant e Emmanuelle Riva)

Grande Prêmio do Júri

“Reality”, de Matteo Garrone (Itália)

Melhor Atriz

Cosmina Stratan e Cristina Flutur, por “Dupã Dealuri”, de Cristian Mungiu (Romênia)

Melhor Ator

Mads Mikkelsen (o vilão Le Chiffre de "007 - Cassino Royale", lembram?) , por “Jagten” (A Caça), de Thomas Vinterberg (Dinamarca)

Melhor Diretor

Carlos Reygadas, por “Post Tenebras Lux” (México)

Melhor Roteiro

“Dupã Dealuri” (Além das Colinas), de Cristian Mungiu (Romênia)

Prêmio do Júri

“The Angel’s Share”, de Ken Loach (Reino Unido)

Caméra d’Or – melhor filme de diretor estreante

“Beasts of the Southern Wild”, de Behn Zeitlin (EUA)

Melhor curta-metragem

“Silêncio”, de L. Rezan Yesilbas (Turquia)


Blog Widget by LinkWithin

9 comentários:

renatocinema disse...

Cannes é um caso a parte...e isso é um elogio.

Rafael W. disse...

Esperava que o Cronenberg levasse. Mas tudo bem, o prêmio parece ter sido justo.

Cannes > Oscar.

http://eaicinefilocadevoce.blogspot.com.br/

Suzane Weck disse...

Ola,passando para ver as novidades,e já encontrei esta ótima lista das premiações do festival se Cannes.Um grande e saudoso abraço.Su.

Celo Silva disse...

Esse filme novo do Haneke parece no minimo curioso. Só vendo mesmo..hehe

Gabriel França disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Tava torcendo por Jean-Louis Trintignant e Marion Cotillard...

O Falcão Maltês

Gabriel França disse...

Pois é, Fábio, sei bem como é corre do dia a dia, ms valeu pelo comentário, viu? e desculpa ficar te perturbando :/

Abraços!!

Fábio Henrique Carmo disse...

Gabriel,

De que perturbação você está falando? Nenhum leitor deste blog perturba, muito pelo contrário. Foi ótimo ler o seu post no "Monte Olimpo", interessantíssimo, por sinal. Grande braço, volte sempre e não se acanhe nunca!

Wilson Antonio disse...

Adoro Haneke. Acho seu estilo um deleite para os olhos e os neurônios. estou bastante curioso para conferir esse seu novo trabalho e avaliar o quanto do traço autoral do cineasta austríaco ele mantve ao falar de um tema tão delicado e aparentemente terno. Só conferindo mesmo! Grande abraço Fábio